Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Mangá’ Category

 O fato de eu estar viva é uma coisa tão encantadora e maravilhosa que me faz querer viver mais e mais.

Essa semana li o Mangá “1 Litro de Lágrimas“, publicado pela Editora NewPOP. Autora Aya Kito. Arte Kita.

1 Litro de Lágrimas ou Ichi Rittoru no Namida, é baseado em fatos reais e conta  a história da garota Aya, 15 anos,  que tem uma doença incurável (degeneração espinocerebelar) que deteriora o cerebelo gradualmente até a pessoa perder as funções do corpo, não conseguir mais andar, falar, comer, porém o cérebro mantém-se, então a pessoa  continua consciente.

O Mangá é breve porém extremamente profundo, retrata da descoberta da doença até a decisão de mudança de escola por não conseguir mais acompanhar seus amigos de classe que sempre lhe ajudaram. Mas consegue mostrar bem a amizade, sofrimento, superação, amor pela vida.

Este mangá é baseado no livro (de mesmo nome)  publicado logo após da morte de Aya, aos 25 anos. O livro na verdade é a adaptação do diário de Aya, que começou a escrevê-lo por recomendação de seu médico para acompanhamento da doença e ela continuou a escrever até que não conseguisse mais segurar uma caneta. A frase inicial do post foi as últimas palavras que Aya escreveu em seu diário. 1 Litro de Lágrimas também teve uma versão dorama, drama japonês da Fuji Television, e que ainda não consegui assistir.

Esse é o tipo de história que a gente sabe o final, sabe que não será um final feliz, mas que eu gosto de ler, pois me faz lembrar que a gente reclama demais da vida em vez de vivê-la, enquanto tem pessoas que dariam tudo para estar em nossos lugares, pessoas que tem problema muito maiores que o nosso e nem por isso desistem… E paro e penso que o fato dessas pessoas saberem do prazo curto que tem, é o que faz com que elas vivam mais apaixonadamente, intensamente e superam. E quando fazem essa escolha, deixam a sua marca na vida de outros, mesmo que sua existência tenha sido breve.

Como li o mangá na segunda, logo vi uma relação com o filme “A Walk to Remember” que revi no final de semana, o sentimento de querer aproveitar melhor a vida é comum nos dois. Depois de ler/assistir histórias desse tipo a gente acaba refletindo sobre a vida, e percebe quanta coisa boa a gente deixa passar por ficar pensando só no futuro, sendo que a qualquer momento a gente pode não estar mais por aqui, não é? Então pessoas, Carpe Diem.

Read Full Post »

Há tempos vi uns mangás de Zelda, porém estava em japonês. Ao procurar dias atrás, no betterworld, achei as versões americanas e não deu outra, afinal se eu coleciono Mangás e coleciono jogos de Zelda, o que poderia ser melhor do que a junção dos dois? Certamente isso tem que estar na minha coleção xD

Akira Himekawa é o autor desta obra, tanto da história quanto da arte. A primeira adaptação foi do jogo: The Legend of Zelda Ocarina of Time, que foi dividida em dois Volumes: Saga Criança e Saga Adulto. O Mangá foi publicado pela Shogakukan em 1999 e a Viz Media foi a responsável pela versão americana (2008).

Foram lançados oito volumes, sendo eles:

Volume 1: The Legend of Zelda Ocarina of Time – Part 1

Volume 2: The Legend of Zelda Ocarina of Time – Part 2

Volume 3: Majora’s Mask

Volume 4: Oracle of Seasons

Volume 5: Oracle of Ages

Volume 6: Four Swors – Part 1

Volume 7: Four Swors – Part 2

Volume 8: The Minishi Cap

Qualquer produto relacionado com Zelda é suspeito para eu falar, mas creio que qualquer um que leia este mangá e tenha jogado o game, vai se sentir familiarizado, achei a história bem fiel. E fiquei bem surpresa, primeiro pela qualidade do produto, as folhas são bem melhores do que as dos mangás encontrados por aqui (nunca vi nada parecido por aqui), o número de páginas em torno de 180, os detalhes da arte simplesmente lindos e certamente Himekawa é fã de Zelda, dá para percerber pelo capricho e alguns detalhezinhos que ele coloca nas histórias como o Bombchu Bowling e o Happy Mask Shop.

É estranho ver o Link falar mas isso não atrapalhou em nada, gostei da personalidade dele e não achei estranhoe. Awww e é impagável as carinhas que o Link e Zelda fazem *-*

Na primeira compra pedi os Volumes 1 e 2 para ver se gostava e tal. Agora já fiz outra compra e pedi os Volumes 3, 4 e 5, só esperando chegar 😀 e mês que vem peço os outros.

Manga Zelda - Frente

Manga Zelda - verso

Na minha opinião, esses Mangás de Zelda são indispensáveis para os fãs, fica aí a recomendação^^

Para vocês verem que não estou exagerando no capricho de Himekawa confira algumas fotos.

Manga Zelda - Cap 1   Manga Zelda - Imagem 1

Manga Zelda - Imagem 2   Manga Zelda - Imagem 3

Read Full Post »

Depois de uma semana de provas, nada melhor do que passar o final de semana de penas para o ar. Tá, não foi bem isso, mas pelo menos foi um final de semana descontraído. Para tentar relaxar um pouquinho, resolvi por em dia o Anime Naruto que estou uns 20 capítulos atrasada… Mas, como teve uma hora que eu não tinha mais os episódios, fui procurar outra coisa que já teria baixado para assistir enquanto baixava o restante de Naruto.

Olhando os milhares arquivos que vou acumulando no pc, achei um JDrama que havia baixado um tempo, Nodame Cantabile. Eu tenho a mania de sair baixando coisas que eu não tenho a mínima idéia se é bom ou ruim, nem ao menos leio a sinopse direito. Geralmente só procuro algo sobre, depois de assistir. Então, só depois de ver e pesquisar, descobri que a série ganhou o Kodansha Manga Award de 2004 na categoria shoujo. A série foi adaptada duas vezes para a televisão, como Live Action Drama em 2006 e como Anime em 2007… Bom, como não to muito com pique para escrever, vou colocar a sinopse de onde baixei xD:

 

[JDrama] Nodame Cantabile
Episódios: 11
Duração de cada episódio: 45 minutos (quase uma hora o primeiro e o último)
Resolução: 704×396
Ano: 2006 (outono)
Gênero: música, comédia, romance
Elenco principal: Ueno Juri (Noda Megumi – Nodame), Tamaki Hiroshi (Chiaki Shinichi). Eita (Mine Ryutaro), Koide Keisuke (Okuyama Masumi) e Mizukawa Asami (Miki Kiyora)
Prêmios Recebidos:
– 51st Television Drama Academy Awards: Melhor Drama, Melhor Atriz (Ueno Juri), Melhor Diretor (Takeuchi Hideki), Melhor Arranjo Musical (Takeuchi Hideki) e Melhor Abertura (Hattori Takayuki)
– 2nd Seoul Drama Awards: Melhor Minisérie, Melhor Diretor (Takeuchi Hideki), Melhor Música

SINOPSE: Baseado no mangá de Ninomiya Tomoko!
Nodame Cantabile conta a história de duas pessoas bastante opostas, que acabam por se ajudar mutuamente.
Megumi Noda, mais conhecida como “Nodame” é uma estudante de piano da Faculdade de Música de Momogaoka. Uma garota bagunceira e desorganizada, gulosa e com falta de higiene pessoal, mas excelente pianista, aprendendo mais por ouvido do que lendo a partitura. Seu sonho é ser professora do jardim de infância.
Shinichi Chiaki, é o melhor estudante e pianista da Momogaoka. Nasceu numa família de músicos e já morou em cidades da Europa, berço da música clássica. É um homem arrogante e perfeccionista, sempre recriminando os erros dos outros. Sua ambição sereta é ser condutor, influência de seu mestre Sebastiano Vieira. Entretanto, devido um fobia quando criança, Chiaki sente-se preso no Japão, incapaz de tomar um avião ou navio para ir ao exterior..
Certo dia, Nodame encontra Chiaki caído na porta de sua casa e o socorre. Nesse momento ela se apaixona por ele, o encontro servirá de gatilho para diversas mudanças dos dois e entre os dois personagens. Ao mesmo tempo que surge na faculdade um estranho condutor de sucesso, que será o mestre de Chiaki na regência.
Vale ressaltar que em Nodame Cantabile os personagens secundários são tão interessantes quanto os principais e nos garantem muitas risadas.

Eu gostei demais de Nodame Cantabile, vou ver se baixo o anime e encontro o mangá para ler. Gostei das músicas clássicas, e do piano, lembrou a minha infância, eu devia ter uns 6 anos quando fiz aula de piano, porém foi pouco tempo, esse negócio de apresentações com todo mundo me olhando não é comigo… Quando fiz aula de violão também, o professor chamou para entrar como solista numa banda de meninas e eu recusei só de pensar no pânico que eu sinto ao subir num palco (iria errar o solo todo) 😛

Para encerrar, ano passado saiu um joguinho para o DS baseado no mangá, vou dar uma conferida também, já que eu curto esses joguinhos de músicas de clicar… E música clássica é tão relaxante…

 

 Abaixo um vídeo do comercial do jogo:

 

Read Full Post »

DADA DADA DAAAA!

Como hoje foi feriado (aqui na minha cidade xD) resolvi ler algumas tirinhas do Calvin já que faz tempo que não compro um mangá. E dando uma lida no blog Portallos, baixei um mangá de Zelda. Muito bom! Adorei demais, porém minha opinião é suspeita quando se é alguma coisa baseada na série Zelda. As tirinhas são engraçadas demais para quem já jogou a série Wind Waker, composto de 8 capítulos seguindo a história do jogo. Confira aqui o post e lá tem o link para se baixar o mangá. Até que o perfil a lá Meninas Super Poderosas do Link lhe caiu bem para esse tipo de tirinha, as caretas são fantásticas!

Conhecia já alguns mangás que tem no site Hyrule Legends que também valem uma conferida.

Duas tirinhas que morri de rir xD

     

Read Full Post »